segunda-feira, abril 25, 2011

NO CAMINHO DE EMAÚS - Lucas 24.13-35

Lucas registra em seu Evangelho uma das passagens mais bela e comovente acerca do Cristo ressurreto, cuja vitória sobre a morte celebramos hoje. Dois caminhantes na estrada de Emaús, que liga a cidade de Jerusalém a este pequena aldeia, num percurso aproximado de 12 km. Jesus se coloca no caminho com os discípulos trazendo um novo alento. Quero convidá-lo a refletir comigo nesta história, pois aprendemos que:
1. No caminho de Emaús encontramos discípulos entristecidos e frustrados. Quando Jesus se coloca a cominho na estrada com os discípulos, logo os interroga: "Que é isso que os preocupa e de que ides tratando a medida que caminhais?" Então, lemos: "Eles pararam entristecidos" (v. 17). A primeira observação a fazer é que Emaús é um lugar de tristeza. E esta tristeza revela a frustração daqueles homens: "Ora, nós esperávamos que fosse Ele quem havia de redimir a Israel". O judeus estavam subjugados pelos romanos e havia uma uma grande expectativa que Jesus os libertasse. Mas Ele morreu! Parece que Deus falhou. Nada mudou! Ainda continuavam sob o domínio de Roma. Sim, Emaús é um caminho de tristeza e decepção. Quem de nós já não trilhou por ele? Quem aqui não caminhou por Emaús? Com tristeza e dor, com frustração e decepção? Nem sempre as coisas saem do jeito que planejamos ou sonhamos. E, assim, a tristeza nos invade e somos tomados pelo desânimo. E, muitas vezes, provoca mágoas e revolta. Por que Deus permite isso? Por que não mudou a minha sorte?
2. No caminho de Emaús encontramos discípulos com uma visão errada de Cristo e incrédulos. Interrogados por Jesus sobre quais fatos ocorreram nos últimos dias, respondem: "O que aconteceu a Jesus, Nazareno, que era varão profeta". Jesus viveu por três anos ensinando e mostrando quem Ele era: O Filho de Deus, o Deus humanado. João nos diz que Jesus fez muitos sinais para que pudessem crer que Jesus é o Filho de Deus e recebessem a vida eterna (João 20.30,31). No entanto, os discípulos de Emaús O viram apenas como varão profeta. Jesus não é um simples profeta, é Emanuel, Deus conosco! Eles estavam equivocados a respeito de Jesus, o Messias. Erraram por não compreenderem as Escrituras! E uma visão errada acerca de Sua pessoa os leva a uma visão errada de sua obra. Esperavam um libertador político. Não assim também em nossos dias? Muitos O vêem como alguém que resolve os nossos problemas, ajuda-nos a superar nos dificuldades e curar nossas enfermidades. Não O vêm como é, O Salvador, O Senhor, O Deus encarnado, Aquele que morreu na cruz para religar o pecador com o Seu Criador, para dar-nos o perdão! E por desconhecerem as Escrituras descrêem dos fatos da ressurreição (v. 25). A "fé" que não está fundamentada na verdade de Deus é incredulidade, leva-nos a tristeza e decepção.
3. No caminho de Emaús encontramos o Cristo ressuscitado. Somos informados que enquanto caminhavam, discutindo a respeito de todas as coisas sucedidas "o próprio Jesus se aproximou e ia com eles". Apesar da tristeza, frustração e da incredulidade dos discípulos, Jesus chega e caminha com eles, O Cristo ressuscitado se faz presente, transformando a tristeza em alegria, a decepção em vitória! A Sua presença aponta-nos para a veracidade das Escrituras pois tudo o que os profetas falaram sobre o Messias se cumpriu. Jesus venceu a morte! "Onde está, ó morte, a tua vitória?" A vida está em Jesus e Ele nos dá graciosamente. Ele mesmo afirmou: "Eu vim para que tenham vida". Não há motivo para pranto, dor e frustração, Cristo já ressuscitou!
A realidade do Cristo ressurreto no caminho de Emaús nos desafia. Nos desafia a proclamar o significado profundo que o túmulo vazio tem. Nos desafia a um viver coerente com a doutrina da ressurreição. Nos desafia a uma nova vida. Uma vida ressuscitada e uma mente transformada. Nos desafia a um viver segundo o poder da ressurreição!

5 comentários:

CLEMILSON SOUSA DE MORAES disse...

Linda menssagem que traz um grande despertamento a todos que servem ao Senhor nosso DEUS!

Anônimo disse...

Muito bom Deus te abençoe

Anônimo disse...

É PURA VERDADE! JESUS VENCEU A MORTE PARA QUE TIVÉSSEMOS A VIDA ETERNA, GLÓRIA A DEUS!

Unknown disse...

Que palavra!!!!! muito boa e inspiradora...

João Alves dps Santos disse...

Muita e muitas somos esses discípulos de emaus, devido a nossa cegueira espiritual, custa crêr que Jesus ressuscitou e se encontra no meio de nos. Devemos ser mais atento as coisas de Deus.